Carregando...

Notícias

Ação, em comemoração ao Dia do Idoso, quer conscientizar a população sobre o problema

Em comemoração ao Dia do Idoso (1º de outubro), a SBAIT  está lançando o "Guia para Prevenção de Quedas no Idoso", com o objetivo de conscientizar a população sobre os riscos desde tipo de ocorrência e sobre importância de medidas preventivas que assegurem a qualidade de vida e promovam a autonomia da população idosa. Segundo informações do SUS (Sistema Único de Saúde), as quedas são a primeira causa de acidentes em pessoas com mais de 60 anos. O guia pode ser acessado e baixado no site http://www.sbait.org.br.

"As quedas representam um sério problema para os idosos por causa da fragilidade do organismo. Elas podem causar fraturas, redução da capacidade funcional, isolamento social, depressão e até a morte", explica o autor do Guia e presidente do Capítulo São Paulo da SBAIT, Bruno Pereira.

Alguns fatores facilitam as quedas na terceira idade, como déficit de equilíbrio, fraqueza muscular, inatividade física e fatores externos. "Ausência de corrimão, tapetes soltos, pisos molhados, assento sanitário muito baixo, ruas esburacadas e calçadas mal conservadas estão entre os fatores mais comuns. É importante lembrar que a maioria das quedas acontece em casa ou nos arredores", comenta Pereira.

A prevenção é fundamental para evitar as quedas. Alguns cuidados, adotados dentro de casa, podem proporcionar maior segurança aos idosos. Para isso, o guia dá dicas do que fazer em cada ambiente: sala e corredores, cozinha e área de serviço, banheiros e quarto de dormir. Confira:

  •  - Na sala, por exemplo, deve-se evitar deixar objetos espalhados pelo chão, como brinquedos de crianças e fios. Também é importante retirar pequenos móveis que possam servir de barreira para o idoso. Luzes com sensor de presença em locais de pouca luminosidade e barras de segurança também são importantes. As escadas devem ser livres de objetos, possuir corrimão dos dois lados, fitas antiderrapantes nos degraus e interruptores de luz, na parte inferior e superior. 

  • - No quarto, é importante que o idoso tenha um interruptor ao lado de sua cama ou um abajur. Dessa forma, ele não vai precisar levantar no escuro. O ideal é não ter tapetes, mas, se houver, eles precisam ficar presos no chão. Também é recomendado evitar camas muito baixas e colchões muito macios para que o idoso não tenha dificuldade para levantar.

  • - Na cozinha e na área de serviço, além de evitar que o local fique molhado e escorregadio, é importante que os armários sejam instalados em uma altura que não seja necessário usar escadas para pegar objetos.

  • - No banheiro, o guia orienta a aumentar a altura do vaso sanitário, com um elevador de assento, e instalar barras de apoio laterais e paralelas para auxiliar o idoso na hora de sentar e levantar. O box de vidro deve ser substituído por cortinas, evitando, assim, ferimentos ainda mais graves no caso de um desequilíbrio. Os tapetes precisam ser emborrachados e antiderrapantes. Também é importante instalar barras de apoio na área do chuveiro. Se o idoso tiver dificuldade para abaixar, é fundamental que seja usada uma cadeira resistente e firme na hora do banho. Outra dica é deixar o ambiente bem iluminado.


"Não podemos nos esquecer que também é importante que o idoso tenha uma vida saudável, que pratique atividades físicas e mantenha seu cérebro ativo, através de atividades como ler, pintrs, fazer palavras cruzadas e acessar a internet", explica o diretor da SBAIT. "Sempre que perceber alterações em seu equilíbrio, deve procurar um profissional para diagnosticar o problema e fazer um tratamento específico", orienta.


No caso de acidentes, é importante buscar ajuda com o SAMU (192), Bombeiros (193) ou com a Polícia Militar (190). Enquanto a ajuda não chega, o idoso deve ser mantido calmo e imóvel. Se houver algum ferimento sangrando, é importante cobri-lo e comprimi-lo com pano limpo. "Também é muito relevante que a equipe médica seja informada com detalhes sobre o ocorrido, o uso de medicamentos e o histórico de doenças", afirma Pereira.



Confira o Guia acessando o site da SBAIT

Informações à imprensa:

Capovilla Comunicação

Patrícia Capovilla

(19) 99284-1970

Ação, em comemoração ao Dia do Idoso, quer conscientizar a população sobre o problema

Associe-se à SBAIT

Seja um membro e venha atuar na conscientização da Doença Trauma